Categoria: Varejo

Ler mais

2020: o ano em que o consumidor online virou protagonista

A pandemia do coronavírus empurrou o consumidor para o mundo online. Se por um lado a crise sanitária e médica provocou contração econômica pelo mundo afora, o mesmo não se pode dizer de alguns setores da economia vinculados ao mundo online, já que grandes varejistas, por exemplo, viram seus lucros aumentarem com a migração do físico para o virtual. As empresas apostaram nas ferramentas do marketing digital para impulsionarem os seus negócios e tudo isso por causa de você, consumidor, que se transformou no protagonista em 2020. E a julgar pela tendência do mercado, a expectativa será de crescimento ainda maior para 2021, mesmo com a vacinação em massa prevista para este ano.

Ler mais

Com a chegada do Natal e ainda em meio à pandemia, como conquistar o consumidor?

Que a pandemia da Covid-19 tem alterado o comportamento do consumidor, isso parece cada vez mais factível. Pressionado a manter cuidados sanitários, ele tem utilizado a internet para realizar as suas compras normais e a previsão para o Natal parece ser a melhor possível baseada nos números obtidos pela Black Friday. Ou seja, este fim do ano será marcado pela maior migração de compras do físico para o virtual, por isso é bom compreender a jornada que cliente fará até a aquisição de um produto, o que nos leva a dar uma atenção especial a Inteligência Artificial e as ferramentas para as empresas enfrentarem a feroz concorrência.

Ler mais

Vamos falar da ferramenta que mais vende no final do ano?

Nunca é demais falar dos recursos que têm sido utilizados à exaustão – e com excelentes resultados – para vender mais. Novamente, o whatsapp foi eleito como o preferido das pessoas que, aos poucos, diversificam com os atendimentos físicos ou até mesmo decidiram se voltar para o mundo virtual de uma vez por todas, optando pelo aplicativo que é o mais baixado do planeta. Com a chegada dos festejos de final do ano, empresários e comerciantes não têm dúvidas quanto a eficácia de seu uso e os resultados que trazem para seus negócios.

Ler mais

O futuro é agora? Como o marketing digital pode auxiliar no possível mundo de prosperidade no pós-Covid

Para aqueles que têm a visão de um mundo “roda gigante”, onde a história se repete semelhante com os eventos sociais, a economia global poderá ter um período de prosperidade no chamado pós-Covid. Historiadores, futuristas e sobretudo empresários apostam num boom financeiro quando a humanidade for imunizada contra a Covid-19, trazendo novamente o sentimento de populares desde a crise da Peste Bubônica em 1346. Caso essa hipótese se torne uma realidade, o marketing digital deverá ser o braço direito para a expansão econômica. Você tem dúvidas quanto a isso?

Ler mais

Marketplace tem muito a comemorar. E nós temos muito o que aprender com ele

Hoje é possível traçar os sentimentos e palavras-chave mais mencionados nas redes sociais monitoradas sobre um determinado produto, trazer uma exatidão maior do que se vê em pesquisas de intenção de compra. Este é um dos instrumentos usados por varejistas que se orientam pelo marketing digital para conquistar o público em geral, uma “bússola” que orienta metodologias para garantir vendas neste fim do ano. Se a crise bate à porta das maiores economias do planeta, justamente o setor que ganha muito neste momento é o Marketplace, uma modalidade que serve de referência para quem sonha ganhar dinheiro nos negócios online.

Ler mais

2020: o ano de mudanças para o varejo

Em 2020, um dos setores que mostraram mais resiliência para driblar o clima de incertezas e o isolamento social foi o varejo. Afetado pela pandemia do coronavírus, o setor experimentou uma mudança como nunca antes testemunhado.Com a mesma rapidez que o isolamento social transformou a economia, o varejo também soube se reinventar e o processo de digitalização apressou sua modernização. O marketing digital, através de suas soluções virtuais, ajudou a amenizar em muito o impacto negativo provocado pelo isolamento social, contribuindo para esta transformação e modernização.

Ler mais

Público “inteligente” dominou as vendas na Black Friday?

As vendas na Black Friday foram mais digitais do que nunca este ano. As empresas, sabendo disso, apostaram no cruzamento com Smart Pricing, inteligência competitiva, analytics, Inteligência Artificial, marketing de guerrilha, e maturidade analítica para monitorar preços dos produtos e ofertá-los na famosa promoção para atrair público e conseguir um bom lucro nas transações, principalmente no mundo virtual. Mas por que essa confiança das instituições no investimento em tantas plataformas? A resposta é: o público também está ficando mais inteligente digitalmente.

Ler mais

Nas festas de fim do ano, uso do Whatsapp Business se torna uma boa ferramenta para vendas

Hoje, mais de 175 milhões de pessoas trocam, diariamente, mensagens com uma conta do WhatsApp Business e mais de 40 milhões de pessoas acessam um catálogo de negócios todos os meses, sendo mais de 13 milhões só no Brasil. É um recorde absoluto de uma plataforma eficiente que começou como uma simples troca de mensagens e se transformou em uma opção para vendas Com a possibilidade de liberação em breve por parte do Banco Central para a realização de pagamentos instantâneos, os negócios prometem aumentar exponencialmente abrindo um campo de negócios que só tende a crescer para pequenas, médias e grandes empresas.

Ler mais

Empresas de olho na mudança de comportamento do consumidor com a introdução do PIX nos pagamentos de contas

A revolução que o novo formato de pagamentos instantâneos provocará no consumidor está na mira dos gestores de marketing digital. A introdução do PIX, na avaliação de economistas e até aqueles que estudam o comportamento humano, vai mudar a forma como transacionamos e fala-se até no fim do dinheiro em espécie. Mas, na realidade, esse discurso revolucionário esconde ganhos práticos: o PIX não é o fim do cartão de crédito, de débito, ou dos boletos. Cheques, afinal, ainda existem. Novos produtos e plataformas não devem ser vistas como substitutos, e sim como mais opções para o consumidor e para o comércio. Em novembro, veremos como isto se dará na prática.

%d blogueiros gostam disto: