Planejamento para 2021: Incluir o Data Analytics e IA na sua empresa

Por Roberto Marcio

2020 está próximo do fim e agora é o momento perfeito para pensarmos em quais rumos vamos seguir no ano que está chegando. As dificuldades de 2020 já são passado e agora temos que responder: o que vamos fazer para 2021 não ser como o ano que termina? A resposta não é difícil de ser dada: elaborar um bom planejamento e incluir a democratização do Data Analytics e a Inteligência Artificial – e por que não outros recursos tecnológicos? – na sua empresa é uma boa saída para estar pronta e enfrentar o chamado “mundo pós-Covid-19”, que será uma era de aprofundamento do uso da tecnologia nos negócios. O processo, no entanto, não é simples e obriga a uma mudança organizacional e estar disposto a aceitar mudanças. 

Criar uma cultura tecnológica nas empresas é uma tendência que começou com a pandemia do novo coronavírus. Com o fechamento de quase todos os negócios para evitar a propagação do vírus, a solução encontrada foi investir em tecnologias assertivas para melhorar processos de compras e vendas, já que o acesso do público aos ambientes físicos se tornou mais difícil por causa da quarentena imposta pelos governos locais. Mesmo setores que foram autorizados a funcionar, como supermercados e farmácias, também se viram obrigados a construir um programa digital. 




Anteriormente, as empresas de marketing focavam na conquista de um público médio, o movimento hoje se volta para impactar cada indivíduo. Isto graças à introdução de novas tecnologias que “aprendem” com cada cliente através de mecanismos como a Inteligência Artificial, cada vez mais comum no cotidiano. Seu uso é quase imperceptível para as pessoas, mas ela está integrada à vida de todos sem que percebam tanto. Seja quando abrimos uma página de um site ou participamos involuntariamente de uma pesquisa, o equipamento está lá,colhendo informações sobre gostos para segmentar estratégias e conquistar os clientes. 

Entendendo como é importante a introdução de tecnologias

A implantação de novas tecnologias, contudo, não é uma tarefa muito simples. Ser incluída no planejamento de sua empresa em 2021, por si só, não resolve totalmente o problema. Há um trabalho importante a ser feito na governança desses dados e de sua aplicabilidade, principalmente para as organizações que não nasceram digitais. Assim, é preciso percorrer etapas até alcançar o grau máximo de data analytics, que culminará com a maturidade tecnológica. 

É fato que corporações seguem investindo em tecnologias capazes de identificar as reais necessidades e interesses de seus clientes, com o objetivo de oferecer o que eles realmente precisam ou desejam, no momento mais adequado, da melhor forma, com o menor custo possível e obtendo ROIs cada vez maiores. O processo foi acelerado neste ano em virtude da pandemia. Por isso, as empresas perceberam que a tecnologia passou a ser um item fundamental para tudo, pois sem ela fica difícil elaborar uma boa estratégia de gestão. 

O data analytics e a IA caminham lado a lado oferecendo soluções ao seu negócio. Só que outras ferramentas também podem agregar valor, como a Business Intelligence (BI), que contribui quando é necessário a coleta, organização e a análise de dados. As mudanças que uma ferramenta de BI vai operar em sua empresa são inúmeras e enormes: mais rapidez na medição de resultados da área comercial e de campanhas de marketing, possibilidade de saber exatamente no que investir, embasamento e mais tempo hábil para a tomada de decisões e redução de erros causados por análises manuais.

Se os insights tradicionais obtidos por meio do BI já operam uma grande mudança nos negócios, a boa notícia desse último nível é tentadora: a organização aqui vai muito além deles, tornando possível a previsão de comportamentos futuros e a recomendação de ações baseadas em diferentes cenários, para agir e tomar decisões com antecedência. Com isso, é possível elaborar uma estratégia para conquistar mercado a partir do perfil dos indivíduos, pois gera insights que ensinam aos gestores caminhos para vender mais, independente do cenário econômico do momento.

Change Management: o caminho para mudança organizacional

Implementar novas tecnologias impulsiona necessariamente uma mudança organizacional. Isto porque, empregados podem receber treinamentos e aplicar as novas técnicas no âmbito global da empresa. O Change Management (gestão de mudanças) está nos impactos que essas mudanças irão causar nas pessoas. Seja em um simples processo ou seja em um âmbito estratégico mais amplo. Tanto individualmente quanto dentro das equipes das quais fazem parte.

É uma transformação em como a organização opera e lidera pessoas. Requer que os indivíduos aprendam novas habilidades e assumam novos papéis. Não é um processo fácil e requer uma boa gestão com profissionais de diferentes perfis. 

Sendo assim, surgem perguntas sobre como se dá a inovação? Como mudar um ciclo vicioso das equipes? Não são respostas simples. A mudança de cultura organizacional, do não tecnológico para o digital, pode ter que se dar em etapas. Será preciso um planejamento estratégico com transformação digital acelerada, engajar os usuários no processo antes mesmo da decisão pelo investimento permite ajustes que aumentariam a probabilidade de acerto. 

.

Próximo ano promete acelerar ainda mais a vida digital nas empresas

Executado o planejamento organizacional, adaptando às mudanças e tudo mais, vem a etapa da implementação dos novos recursos para, enfim, uma empresa se tornar digital. É isso que vai orientar boa parte delas para o ano que vem e, pelo visto, não há tempo a perder.

Já temos soluções mais simplificadas e moldadas para que o usuário final não perca tempo com softwares de data analytics e machine learning. O machine learning está sendo democratizado por modelos que automatizam e facilitam a sua implementação nas empresas. Cada vez mais vemos o Machine Learning integrado nas plataformas de BI mais utilizadas do mercado, entre elas: Tableau, PowerBI, Qlik e Google Data Studio.Saiba mais: https://www.xerpa.com.br/blog/o-que-e-change-management/https://blog.contaazul.com/change-management-gestao-mudanca

%d blogueiros gostam disto: