Inteligência logística: como ter uma impacta na imagem de sua marca

Por Roberto Marcio

Atualmente, a logística tem sido o grande desafio para todo o varejo. Não é apenas vender e ponto final: a logística, tanto interna como externa, é fundamental para que o produto chegue na casa do consumidor, pois caso contrário todo o processo fica comprometido e isto pode afetar a marca.

Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o volume de vendas projetado para o Natal deste ano subiu de 2,2% para 3,4% em relação ao mesmo período de 2019. De acordo com a entidade, a data pode ter movimentado em torno de R$ 38,1 bilhões em 2020, impulsionada pelo aumento de vendas pela internet. Se essa estimativa for confirmada, o setor poderá ter o maior avanço real de vendas no Natal desde 2017, o que equivale a um aumento de 3,9% em relação a este período. É um valor considerável, levando em conta o impacto negativo da Covid-19.

O detalhe é que com a previsão de aumento nas vendas, não se pode esquecer que o cliente quer prazo para a entrega na sua residência. Até porque, optou por realizar essa compra com a garantia que receberá em casa aquilo que foi adquirido e que, portanto, quer ter a melhor experiência possível. 

Para que, do ponto de vista do empresário, o objeto de desejo do comprador esteja no lar do seu cliente, não tem como deixar de lado a preocupação com a logística, tão essencial em tempos de restrições médicas e sanitárias. Sem um transporte eficiente, o problema aumenta e principalmente às vésperas das festas natalinas. O tema, aliás, é tão significativo que incluiu no pacote de ferramentas de inteligência de mercado. Ou seja, vai além de carregar e entregar algo ao cliente. O trabalho inteligente, tanto de quem vende quanto de quem leva seu produto, é recheado de tecnologia para que nada dê errado no caminho.  

Empresas dedicam tempo e energia para ter uma logística inteligente e eficiente

Com a pandemia do coronavírus tendo iniciado, para valer, em março deste ano muitas lojas foram obrigadas a baixar suas portas e mexeu com toda a economia. Muitos negócios tiveram que se reinventar para não ter um outro destino e outros se adaptaram ao que se chama popularmente de “Novo Normal”, acelerando o processo de transformação digital em várias empresas. O efeito disso tudo foi uma mudança em que os CEO´s precisaram recorrer a várias esferas para manter o fluxo de entrega de seus produtos, impulsionando principalmente o setor de logística.

Em primeiro lugar, vamos falar da logística do ponto de vista do transporte. É ele quem vai levar até o conforto de sua casa o produto. 

Dada a sua importância, as empresas passaram a dedicar tempo e energia para fazer do setor um parceiro fundamental no sucesso do empreendimento, principalmente em período de Natal. Portanto, vale um conselho: faça uma revisão das suas transportadoras cadastradas e garanta a área de cobertura. Com isso você tem a chance de aumentar muito as suas vendas. E uma dica adicional: reveja seus prazos e não dependa 100% dos Correios.

Para entendermos a sua importância, a logística abrange desde a entrega de encomendas nacionais e internacionais, as soluções de operação e transporte de comércio on-line, remessas expressas internacionais e os transportes marítimo, aéreo e rodoviário até o gerenciamento da cadeia de suprimentos industriais. Tudo isso, no entanto, está praticamente mecanizado e tecnologicamente atualizado para dar conta de milhões de entregas em todo o país. Daí nasceu a inteligência logística, um departamento que cuida e coordena todo o processo de transporte e a mobilidade dos produtos, através de softwares que facilita o fluxograma de uma empresa, eliminando gargalos e até o “abandono do carrinho”, uma dor de cabeça para aqueles que principalmente usam o e-commerce para fazer negócios. 

Por outro lado, com o crescimento do setor logístico também durante essa pandemia, surgiram várias novas empresas para atuar nesse segmento tirando o gargalo de grandes transportadoras e gigantes do setor logístico como Uber, Cabify e 99Taxi, que entraram na hall de serviços de entregas de e-commerce. Assim, oferecer serviços de logística eficiente é crucial para que a compra seja concluída. Ter um alto custo de frete ou tempo grande para entrega pode deixar o consumidor desinteressado fazendo-o optar pelo concorrente. 

É possível, dentro do processo, definir os canais de venda onde a marca estará presente e avaliar a distribuição e logística do produto, além de traçar estratégias de mix de preço/produto conforme o perfil de consumo local ou gerenciar os territórios de pontos de vendas de cada promotor e suas performances”. Mais do que um caminho, oferece um sistema de acompanhamento de vendas mais inteligente, com demonstração de números de forma gerencial. Desta forma, para quem transporta o uso da inteligência é a diferença para ofertar um trabalho seguro.

Saiba mais:  https://patrus.com.br/blog/conheca-aqui-os-5-principios-da-inteligencia-logistica/ https://www.latinocargas.com/blog/inteligencia-logistica-como-gerar-diferencial-competitivo 

%d blogueiros gostam disto: