Aplicativos e IA: complementares no atendimento ao cliente?

Por Roberto Marcio

Uma política empresarial centrada no cliente se faz necessária nesses tempos difíceis na economia, em virtude da pandemia do coronavírus. Tratá-lo como um “deus” pode parecer um exagero, mas descobrir o caminho que o leva a despertar o interesse num produto até finalizar uma compra coloca o consumidor no epicentro do negócio. O atendimento ao cliente está, sim, no centro do debate. Para atrair compradores, ficam aqui as indagações sobre qual a melhor opção para auxiliar na venda: aplicativos ou programas específicos de Inteligência Artificial? O que é mais eficiente? Eles poderiam se complementar? 

Na realidade, muitos aplicativos usam a IA para desenvolver seus programas. A acessibilidade do público ao seu uso é muito mais fácil, até para cumprir todos os processos de compra que resultam em uma experiência sem igual para o cliente. Alguns já praticam uma venda direta, como é o caso do whatsapp, cujo uso explodiu com o início do lockdown decretado pelo Governo. 

A praticidade dos aplicativos se resume em números: são milhões pelo mundo que fazem uso de algum app, gratuito ou não, para lhe proporcionar um resultado. Por outro lado, a IA é um dos mais preciosos recursos utilizados por empresas e marketing digital para proporcionar um retorno, que implica em diferentes setores da economia. Hoje, seu uso está cada vez mais acelerado por conta das restrições ainda existentes por conta da pandemia. 

Voltamos a abordar os aplicativos como forma de vendas. E o preferido do público mostra o quão é eficiente. Presente em mais de 120 milhões de aparelhos no Brasil – o segundo país com maior número de usuários – o whatsapp se tornou, novamente, protagonista. Desta vez, em um período de instabilidade econômica, causada pela Covid-19, o aplicativo de mensagens instantâneas se tornou aliado das PMEs, que viram a necessidade da digitalização para se conectar novamente com o consumidor. Hoje, a ferramenta já é vista como principal canal de comunicação e venda para muitas empresas.

A ideia de usar o whatsapp é empolgante para quem está começando a usar o aplicativo como canal, mas é preciso alguns cuidados. Outro ponto que deve se levar em conta sobre o whatsapp é o tipo de conteúdo. Enfim, são muitas as variáveis que precisam ser levadas em conta quando falamos em atendimento ao cliente. Um sistema híbrido se mostra forte no mercado. O chatbot é uma aplicação que você pode usar dentro do whatsapp para automatizar ações. Com ele, você responde de forma rápida as principais dúvidas, oferece suporte, compartilha catálogo e, conecta automaticamente cliente e vendedor, economizando tempo das equipes e dos clientes.

Para quem gosta de colocar a mão na massa, existem várias plataformas no mercado para a criação dos bots. Para quem se assusta apenas ouvindo a palavra “programação”, também há soluções prontas oferecidas no mercado. É só ajustar o conteúdo de acordo com o seu produto e ativar o chatbot no seu whatsapp. Em minutos você consegue potencializar sua força de vendas com um funcionário que trabalha 24 horas por dia, sete dias da semana.

Os chatbots ajudam não apenas a responder dúvidas e gerar vendas, mas também são importantes aliados na estratégia de fidelização de clientes e awareness de marca  

O uso assertivo de tecnologias para o atendimento ao cliente tem transformado empresas, colocando-as no século 21 para valer. 

Saiba mais: https://www.salesforce.com/br/blog/2016/10/inteligencia-artificial-experiencia-do-cliente.html https://www.salesforce.com/br/blog/2016/10/inteligencia-artificial-experiencia-do-cliente.html 

%d blogueiros gostam disto: