O todo poderoso consumidor comemora hoje o seu dia

Por Roberto Marcio

Hoje é comemorado o Dia Internacional do Consumidor. O importante cliente está no epicentro dos negócios, principalmente no varejo, onde empresas disputam sua preferência nos dias atuais de pandemia, através de diversas promoções. Nunca seu comportamento foi tão estudado hoje pela ciência de dados e psicologia, já que a partir das suas atitudes entendemos e mapeamos os seus desejos de consumo e sua satisfação ao realizar uma compra. De certo é que o marketing digital está de olho nisso e pronto para oferecer às empresas estratégias para alcançarem o que é cobiçado pelo cliente. 

O Dia do Consumidor ganhou o apelido de Black Friday do 1º semestre, pois é uma oportunidade de prestar uma homenagem a ele através de promoções que atendam aos seus desejos. Para termos uma ideia, se o evento repetir o desempenho de 2020, será um sucesso. No ano passado, o faturamento dos e-commerces na data bateu R﹩3,62 bilhões. 47% dos que compraram online em 2020 eram novos consumidores.

Neste ano, segundo levantamento feito pela All In e Social Miner – empresa que une dados de consumo, tecnologia e humanização para ajudar sites a otimizarem seus resultados – em parceria com a Opinion Box, que ouviu 1050 brasileiros nesta pesquisa importante, 32% pretendem aproveitar as ofertas do dia do consumidor e 44% ainda estão indecisos. Cerca de 24% não devem se engajar com o evento.

Apesar da crise, os números seguem otimistas para o varejo e-commerce

Os compradores costumam se engajar com as ofertas uns 15 dias antes do evento, por volta de 01 de Março (que foi o que 10% responderam à pesquisa). 25% devem comprar na semana do evento, e 13% só no dia do consumidor mesmo. Por isso, é importante que as campanhas para estimular as pessoas a comprar comecem o quanto antes.

Vale destacar que a maioria dos consumidores, 41%, vão procurar por ofertas via sites de buscas ou por aplicativos de lojas. Mas há os que recorrem a lojas físicas, 34%. Ou seja, se levarmos em conta esses clientes que procuram os estabelecimentos abertos em shopping ou em outros lugares, o número em relação ao e-commerce parece ser inferior, pois pode ser analisado como efeito da pandemia no comportamento do consumidor.

E seguindo a tendência da jornada omnichannel, muita gente deve comprar online, e optar por retirar na loja. Por outro lado, para evitar perder clientes, é fundamental as lojas estarem atentas aos seguintes pontos que fariam o consumidor desistir da compra. 

São os novos meios do varejo, as saídas adotadas pelos empreendedores e empresários para inovar e, mais do que nunca, driblar a crise causada pelo novo coronavírus. Todavia, seja qual for a forma que desenha seu negócio, o consumidor está no centro dele. Nada melhor para os empresários e comerciantes recorrerem às estratégias de inteligência de vendas para garantir bons números neste mês. 

Saiba mais:
https://www.ferramentaskennedy.com.br/blog/15-de-marco-dia-internacional-do-consumidor 
https://nacao.digital/blog/dia-do-consumidor-no-e-commerce/ 

%d blogueiros gostam disto: