A Tecnologia pode melhorar o bem estar das pessoas e aumentar as vendas.

Por Roberto Marcio

Os governos estaduais anunciaram novas medidas restritivas para impedir o avanço da Covid-19, ou seja, mais um lockdown para prevenir a contaminação mas ao mesmo tempo gerando impacto negativo na economia. Vivemos uma tempestade de sentimentos. A ansiedade e o medo afetam a nossa saúde mental. Por isso, as empresas precisam desenvolver campanhas de marketing digital ainda mais criativas. Tornar o dia a dia menos estressante parece ser imperativo. A criatividade precisa estar em alta para cativar o público e  conquistar boas vendas.

Os conhecimentos dos executivos seniores mais experientes das empresas, sobre o poder transformador da tecnologia, podem ajudar a criar uma resposta muito mais personalizada e eficiente, a fim de gerar interações inteligentes para atender às necessidades mais urgentes que a realidade da pandemia impõe a todos nós. Se no ano passado o processo de aceleração digital nas empresas ocorreu por uma necessidade de sobrevivência, exatamente um ano depois o processo está maduro e existe a necessidade de dar um salto a mais na qualidade de produzir estratégias publicitárias para vender bem nesses tempos difíceis.

A verdade é uma só: a maioria das pessoas está cansada de restrições. Não é à toa que muitas delas recorrem aos profissionais da saúde mental e terapeutas alternativos para conseguir uma estabilidade emocional mais do que necessária para enfrentar esse lado obscuro da Covid-19. Há quem diga que vivemos uma epidemia de ansiedade, algo que a humanidade já viveu em tempos de guerra, por exemplo. Trazer mais leveza ao dia-a-dia é fundamental para que as pessoas atravessem esse pesadelo imposto pelo vírus e, por outro lado, as empresas – em especial as que atuam no segmento de e-commerce – precisam ficar de olho nesse mecanismo psicológico para serem assertivas nos negócios.

Crédito:ohishiistkCrédito: ohishiistk

Foco na saúde mental e no prazer: boas sugestões para campanhas

Em um ano em que a saúde mental dos indivíduos, ao que parece, segue deteriorada globalmente, a liderança compassiva e humana foi fundamental para manter uma comunidade saudável, muitas vezes o resultado do trabalho em equipe foi sustentado ao longo do tempo. 

No entanto, percebe-se que a demanda fez surgir até mesmo startups que oferecem serviços que ajudem as pessoas a melhorarem sua saúde mental em meio ao caos provocado pela pandemia. A Getninjas é uma delas. Ali é possível contratar serviços de psicólogos e terapeutas através do contato virtual. 

Durante o ano passado, de acordo com o Getninjas, foram mais de 80 mil solicitações por serviços de psicólogos. A previsão é a de que aumente ainda mais mesmo com a vacinação em curso. Tudo isso é o resultado do aumento da ansiedade no período, só que a mesma tecnologia está sendo aprimorada para monitorar os batimentos cardíacos, respiração, estresse e saturação de oxigênio, com o intuito de poder no próximo ano prevenir casos de burnout, estresse e síndrome do pânico, doenças ligadas a saúde mental. E através de dados, será possível entender o que esse consumidor deseja.

Em 2020, também vimos uma mudança de foco, na qual o usuário foi colocado no centro da estratégia de negócios. Isso fez com que as tecnologias baseadas em Big Data, Analytics e Inteligência Artificial se tornassem fundamentais para gerar modelos preditivos e para a compreensão de usuários como nunca foi visto antes. Independentemente da indústria, a incerteza se combate com a informação e com modelos que nos permitam entender o panorama do amanhã. Enquanto pudermos entender as mudanças de hábitos e novas necessidades de nossos usuários e clientes, poderemos continuar gerenciando empresas e negócios de forma eficiente e sustentável. 

Saiba mais: https://www.tecmundo.com.br/ciencia/103760-voce-viver-mais-tecnologia-pode-fazer-voce-viver-melhor.htm https://www.ipea.gov.br/cts/pt/central-de-conteudo/artigos/artigos/182-corona 

%d blogueiros gostam disto: