O QUE É MOBILE MARKETING E COMO CRIAR ESTRATÉGIAS DE VENDAS ATRAVÉS DE APLICATIVOS

por Roberto Marcio

O Brasil já tem mais smartphones em uso do que habitantes. São 234 milhões de celulares inteligentes espalhados pelo país, segundo a 31ª Pesquisa Anual do FGVcia. Também estamos em terceiro lugar em gasto médio diário com o celular, com 3 horas e 45 minutos, de acordo com a pesquisa “Brazil: Digital in 2019 Report”.  Esses dados mostram que o brasileiro está excessivamente conectado em seus aparelhos, e isso já seria motivo suficiente para te convencer sobre a importância de ações de mobile marketing no mundo de hoje, mas se você ainda quer entender mais sobre as vantagens dessa estratégia para marcas voltadas para vendas continua por aqui!

Vamos te mostrar como aumentar a possibilidade de conversão usando o mobile marketing, já que ele é uma forma de atingir o público exatamente onde ele já está.

Veja aqui um índice com tudo que você vai aprender a partir de agora:

  • O que é mobile marketing?
  • Estratégias de mobile marketing nas vendas
  • Exemplos de mobile marketing e como aplicar em seu negócio
  • Vantagens do mobile marketing
  • Impacto da Covid-19 nas vendas online
  • Como a LGPD pode interferir na indústria em 2021

Um homem mexendo em seu smartphone.

Antes de tudo, o que é mobile marketing?

Mobile marketing significa “marketing móvel” na tradução livre. É o termo usado para descrever ações e estratégias de marketing voltadas para os dispositivos móveis. É uma forma de atingir o público alvo através dos seus celulares, utilizando e-mails, aplicativos, mensagens, redes sociais. O mobile marketing caminha ao lado do Marketing Digital. O termo surgiu no início dos anos 2000, mas a aplicação dele tem origem nos meados da década de 1990 e início dos anos 2000. O conceito condiz com o crescimento do uso de aparelhos celulares.

O celular é o que  carregamos sempre com a gente, sem falar no smartwatch, que muita gente deixa no pulso até na hora de dormir. 

É por isso que marcas que ainda não focam em mobile marketing precisam pensar pra ontem em uma série de ações para divulgar produtos e serviços, além de reforçar o posicionamento da empresa no mercado. 

Tendo como foco a experiência do usuário, as marcas podem pensar em estratégias que impactam quem está com um smartphone nas mãos.

Estratégias de mobile marketing nas vendas

Com a transformação tecnológica, o marketing precisa acompanhar a forma como as pessoas interagem com as marcas. Investir em campanhas mobile é uma tendência que não pode ser ignorada.

Segundo um levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em todas as capitais do país, 86% dos consumidores efetuaram pelo menos uma compra em lojas online no último ano (2019). O estudo revelou ainda que os smartphones foram a ferramenta mais utilizada por quase 70% dos entrevistados.

Outra pesquisa, do Google, mostrou que 40% das transações online são feitas hoje por dispositivos móveis. 

Ou seja, os números mostram que muita gente está preferindo usar os seus smartphones na hora de fazer uma compra pela internet. Esse tipo de transação tem vantagens, como a economia de tempo, já que a pessoa não precisa se deslocar até a loja física, além da comodidade, vantagens em promoções, praticidade, entre outras.

Por isso, marcar presença no mobile marketing é uma obrigação para qualquer empresa, em especial para as que trabalham com vendas.

Exemplos de mobile marketing e como aplicar em seu negócio

  • • E-mail marketing
  • • SMS
  • • QR Code
  • • WhatsApp
  • • Google voice
  • • Mídias sociais

Dentro desses canais, as marcas podem usar estratégias, como o envio de informações, campanhas, cupons de desconto através de mensagens por SMS, por exemplo; ou criação de aplicativo para interagir com o público-alvo; interagir com clientes através de WhatsApp; enviar sugestões de produtos por e-mail; criar campanhas exclusivas para as mídias sociais; criar campanhas baseadas na geolocalização; entre diversas outras.

Algumas dicas de mobile marketing que podem ajudar a alavancar essa estratégia dentro do seu negócio são: comprar listas de contato; fazer com que o conteúdo do seu material chegue até pessoas que não conhecem a marca; agilidade no contato com o cliente e possíveis clientes; pensar em ações personalizadas, entre outras.

Importante destacar que em 2021, a liderança no setor de mídias sociais está voltada para o TikTok, que é, sem dúvida, a plataforma social que mais cresceu e com maior número de downloads em 2020 (817 milhões), de acordo com relatório elaborado pela consultoria App Annie. As marcas que querem se destacar no mundo dos smartphones precisam acompanhar as tendências.

Veja algumas vantagens do mobile marketing

  • • Aumento das vendas online
  • • Segmentação de público por localização
  • • Crescimento no uso de aplicativos
  • • Comunicação rápida
  • • Grande alcance de pessoas

Impacto da Covid-19 nas vendas online

No ano passado, com o início da pandemia do coronavírus – e até hoje, aplicativos de todas as verticais tiveram crescimento em uso e, consequentemente, aumentaram também as vendas online. Aplicativos de e-commerce registraram 80% de crescimento nos downloads entre março e maio de 2020, por exemplo, para depois explodir na Black Friday (AppsFlyer). Então prepare seu negócio para que seja o mais mobile friendly possível, pois dependerá disso para melhorar e aumentar suas vendas, uma vez que o consumidor busca um processo de compra fácil e rápido.

Pessoa segurando um smartphone com uma das mãos e vendo seus aplicativos na tela;

Como a LGPD pode interferir na indústria em 2021

As novas oportunidades trazidas pela crescente no uso dos celulares traz também desafios para toda a indústria em 2021, exigindo um amplo sentido de adaptação e inovação para garantir o desenvolvimento e adoção de soluções que atendam às necessidades de privacidade do iOS para o usuário final, mesmo quando o IDFA (Identifier for Advertisers ou Identificador de Publicidade da Apple) não existe. Isso mesmo, a segurança e a privacidade precisam ser analisadas com cautela, já que a aquisição de dados fornecidos por plataformas de inteligência de mercado está enquadrada na LGPD, ou seja, a pesca de informações sensíveis tem regras.

Se a nova etapa de marketing de aplicativos em 2021 está caracterizada por machine learning, métodos probabilísticos e foco para a privacidade dos usuários, então desenvolver soluções para assegurar bons negócios requer um conjunto de habilidades. A adoção das tecnologias no formato que se adeque ao perfil da empresa será o diferencial na obtenção de êxito na missão de integrar as estratégias com a realidade que se impõe pela cultura da empresa.

O marketing mobile está aí fazendo com que as empresas se antecipem na busca do melhor plano de inteligência para seu negócio.

%d blogueiros gostam disto: