Investir em segurança cibernética é fortalecer a sua marca

Por Roberto Marcio

O ambiente de segurança para compras online entrou na pauta do consumidor. As notícias de que o país sofre com ataques cibernéticos preocupam aqueles que optam pelas compras virtuais, já que o prejuízo causado por criminosos é enorme e com consequências muitas vezes imprevisíveis, por isso as empresas não só se preocupam em garantir que a transação ocorra sem problemas como também enfatizam a prática da seguridade como um dos elementos de sua marca. Tudo isso para acompanhar as tendências cada vez mais crescentes sobre os negócios em rede.

Enquanto de um lado a tecnologia tem sido um grande facilitador para o dia a dia, na outra ponta existem pessoas que aprendem novas técnicas para descobrir brechas e causar danos à população. Não à toa, nos últimos meses tem se visto diversas notícias no Brasil e no mundo sobre ataques cibernéticos e vazamento de dados de milhões de pessoas e empresas. Como forma de usar ferramentas tecnológicas para mitigar possíveis danos e a exposição de dados sensíveis, a análise preditiva tem sido a melhor alternativa para o combate aos ciberataques.

As marcas já perceberam que os ataques de cybercriminosos atingem em cheio a imagem perante o público. O cliente que realiza uma compra e deixa seus dados para concluir o negócio espera, no mínimo, que a empresa trate esses documentos com segurança. Quando isso não acontece, o dano à reputação é imediato e, muitas vezes, perde a credibilidade para futuras compras. Há diversas delas que investem no marketing digital para dar justamente essa segurança de que os negócios ocorrem num clima de absoluta segurança e tranquilidade.

Crédito:Intpro

Desenvolver campanhas para estimular consumidor a comprar online

O marketing digital tem um arsenal de ferramentas capazes de mitigar o efeito negativo de uma exposição da marca aos ataques cibernéticos. Mas é impossível ignorar o rastro de problemas que deixa pelo caminho. Muito além de prejudicar a imagem de uma companhia e atrapalhar as estratégias de negócios, os dados vazados podem ser vendidos a pessoas de má fé que desejam aplicar golpes em pessoas físicas e jurídicas, além do roubo de identidade para a prática de crimes. Além disso, o compartilhamento de informações pessoais sem o consentimento é crime, como previsto pela Lei Geral de Proteção de Dados. 

Vale destacar que a violação da LGPD, inclusive, pode resultar em multas para as empresas de até 2% de seu faturamento, gerando um grande prejuízo para a saúde financeira das companhias. Ou seja, a dimensão provocada pelo impacto de um ataque cibernético pode provocar um prejuízo tamanho, a ponto de sua empresa se ver obrigada a fechar às portas por não dar conta das multas a serem pagas pela ação dos criminosos. 

Então, voltamos à discussão sobre como diminuir ou até mesmo anular as dores de cabeça com os ataques cibernéticos. Hoje, estão disponíveis tecnologias como Machine Learning e Big Data, além de um time multidisciplinar para oferecer um serviço de TI mais qualificado, personalizado e estratégico às empresas, para que possam sempre estar um passo à frente e mitigar riscos. 

E com a rotina e os modelos de trabalho cada vez mais integrados ao ambiente digital, manter seus dados e informações pessoais seguras tem sido um desafio para grande parte das empresas mundo afora. Portanto, sua marca precisa estar preparada para não ser impactada com qualquer tipo de vazamento e segurança também é um bom marketing para a sua empresa. 
Saiba mais: https://www.grantthornton.com.br/insights/artigos-e-publicacoes/seguranca-digital-investir-apenas-em-tecnologia-nao-e-o-suficiente/https://blog.ph3a.com.br/5-motivos-para-investir-em-seguranca-da-informacao-na-sua-empresa

%d blogueiros gostam disto: