Omnicanalidade: tendência para o marketing digital na atualidade

Por Roberto Marcio

Quando um empresário busca os recursos do marketing digital para procurar soluções que ofereçam vendas, inevitavelmente faz aquela pergunta: qual o melhor caminho para garantir bons negócios? Afinal, qual o recurso específico para ter sucesso no empreendimento? A questão que será levantada aqui mostrará que não existe um caminho apenas, mas alternativas precisas que podem pavimentar sua trajetória ao êxito. Em razão disso, a omnicanalidade tem sido eficiente nessa demanda pedida pelas empresas.

Com o avanço da tecnologia, se limitar a escolher apenas um ou dois canais para manter contato com o seu público-alvo perde um pouco do sentido e assertividade. De modo geral, a omnicanalidade faz com que a marca e o cliente criem uma aproximação maior e com isso, a chance de perder uma “venda”, por exemplo, é menor. Além de trazer uma comunicação mais pessoal de acordo com cada perfil de consumidor.  

A partir de estratégias mais assertivas, as marcas conseguem entender que há diferenciação omnicanal e multicanal. Neste caso, as empresas utilizam o omnichannel que resulta em diferentes canais de venda de forma interligada e a jornada do cliente segue sendo a mesma. E por meio da divulgação omnichannel os clientes conseguem ter uma experiência otimizada.

Portanto, investir em vários canais facilita o processo de conhecimento de cada cliente, identificação das necessidades e assertividade nas mensagens e comunicações entre varejista e consumidor. A omnicanalidade não é mais uma opção e sim uma necessidade, já que os clientes buscam estar no centro da jornada de compra. E mais do que isso, eles buscam uma experiência satisfatória, muito mais do que apenas um produto ou serviço.

Crédito:Tzido

Como tudo funciona na prática? Varejo ou não, os tempos de hoje pedem funcionalidade nas transações comerciais

Segundo dados da Ebit-Nielsen, as vendas online atingiram a marca histórica de R $87,4 bilhões só no ano passado. Os news shoppers também promoveram esse crescimento: dos 80 milhões de consumidores, 13 milhões foram de new shoppers. A partir desses dados, o crescimento das vendas online, a participação das redes sociais e a consequente diversificação nas plataformas de atendimento indicam a necessidade de readequação de praticamente todos os processos e mecanismos que apoiam o Atendimento ao Cliente em todos os mercados.

A omnicanalidade – que consiste em uma experiência única aos clientes, estando eles em um ambiente físico ou online -, ganhou ainda mais destaque na missão de estreitar a relação entre o consumidor e as marcas. E do lado de marketing, o conjunto de soluções utilizadas pelas marcas devem contemplar ferramentas analíticas, de big data, de conhecer o cliente para integrar múltiplos canais que atinjam os objetivos de garantam uma jornada de compra tranquila para o consumidor. 

Na prática, para trabalhar a omnicanalidade e se comunicar de forma personalizada, é preciso seguir um caminho: o primeiro passo é ter visibilidade sobre a jornada do consumidor, independente do ambiente em que ele esteja. 

Recursos como a identificação de leads – seja nos sites, aplicativos, redes sociais ou nas lojas físicas e que sigam as normas da Lei Geral de Proteção de Dados – são essenciais para entender o comportamento de compra do público – o que procuram, onde e como buscam – e acessá-los de uma maneira adequada a este perfil.

Expandir seu negócio em vários canais se torna uma boa saída. As ferramentas certas com a estratégia bem definida torna o processo de transação – seja no varejo ou não – um poderoso aliado na conquista do topo nas vendas. Apostar na omnicanalidade é, acima de tudo, um trunfo no jogo das instituições e o consumidor no centro de tudo. 

Saiba mais:  https://neilpatel.com/br/blog/omnichannel-o-que-e/ https://blog.cliengo.com/pt-br/ominicanalidade/ 

%d blogueiros gostam disto: