Como as redes sociais moldam os consumidores do século 21

Datas comemorativas impulsionam as vendas pela internet

O Natal é uma data festiva cobiçada pelas empresas, por ser uma das mais lucrativas deste ano. Portanto, um planejamento estratégico de vendas para esta temporada é crucial para o presente e o futuro do seu negócio. Só que o consumidor de hoje não é mais aquele do século passado, seu perfil mudou assim como se realiza uma campanha publicitária. Baseada em dados, seu empreendimento só tem a ganhar compreendendo o que se passa na cabeça do cliente e nada melhor que as redes sociais para ajudar a superar suas metas. 

Bilhões de pessoas postam diariamente fatos (verídicos ou não) de suas vidas nas redes sociais. São fotos diversas, textos que dizem muito a respeito de si e do mundo, relação com os amigos e conexão com seus gostos. Pois é, o consumidor do século 21, de acordo com pesquisas, é influenciado pelo que é postado no Facebook, Instagram, Twitter e tantas outras, o que direciona a atenção de gestores sobre qual a melhor estratégia de vendas.

O advento das novas tecnologias ajudaram as empresas a se posicionarem melhor no mercado – sobretudo online – para convencer esse consumidor 2.0 a garantir boas compras. O uso de recursos da inteligência comercial vai justamente na linha da personalização dos produtos: oferecer planos de acordo com o seu perfil. Essa foi a grande jogada para ser bem sucedido nos tempos atuais.

Não existe uma única estratégia para ganhar o público nas redes sociais. Isso depende do que quer vender e qual o perfil de pessoas que pretende alcançar. Tudo isso pode ser feito até em tempo real, até mesmo para precificar o seu artigo na venda. As grandes marcas têm usado de recursos como Inteligência Artificial (IA), machine learn e outras ferramentas inteligentes na orientação de seus negócios.

Afinal, a mídia social – ou mais precisamente, o conteúdo que é fácil de espalhar por meio da mídia social – tem a capacidade de fazer as pessoas agirem de maneiras muito específicas que são positivas para os proprietários de negócios? Um relatório recente da Deloitte mostra como a mídia social afeta o comportamento do consumidor, suas variáveis e traz dados valiosos na construção de sua estratégia de vendas. 

Para se ter uma ideia, a mídia social funciona bem com a maioria dos grupos, mas especialmente com a geração do millennials. Um relatório da Deloitte descobriu, por exemplo, que 47 por cento dos millennials são influenciados em suas compras pelas redes sociais, em comparação com 19 por cento para todas as outras faixas etárias. Como, então, melhorar seus negócios com o uso do facebook e afins? 

Quais são os caminhos para vender mais pelas redes sociais?

Unificando tecnologia e inteligência, podemos afirmar que as chances de suas vendas irem adiante são grandes. Mas é preciso ficar atento a algumas dicas: 

1) Compreender o que o consumidor 2.0 procura nas redes sociais – Quase todas as pessoas com idades entre 13 e 64 anos têm uma conta no Facebook. Esses sites de redes sociais podem ser usados ​​para conectar pessoas em todo o mundo. Isso significa que existem opções variadas de vendas e ser um player nesse negócio precisará compreender como quer atingir seu público alvo. 

2) Tenha um planejamento assertivo para conquistar o coração dos clientes – Ao contrário dos anos anteriores, as mudanças na psique humana, no comportamento social e na adoção de tecnologia são notavelmente visíveis. Em todo o mundo, as pessoas foram forçadas a ajustar seu estilo de vida de maneira radical, impulsionando a necessidade de aquisição de determinados produtos.

3) Surfar na onda da internet com inteligência – A adoção das mídias sociais como parte dos processos organizacionais tem sido explosiva nos últimos anos. Embora as decisões relacionadas à adoção de tais tecnologias pareçam ser tomadas sob pressão competitiva, as redes sociais são vistas como um caminho importante para os negócios. Por isso, o uso de ferramentas inteligentes para municiar seu planejamento estratégico.

4) A percepção do consumidor do seu produto é objeto de estudo – Uma percepção do consumidor é uma interpretação usada pelas empresas para obter uma compreensão mais profunda de como seu público pensa e sente. Analisar o comportamento humano permite que as empresas realmente entendam o que seus consumidores querem e precisam e, o mais importante, por que eles se sentem assim.

5) As motivações entram no radar de gestores – Afinal, você só consegue agradar seu consumidor uma vez que o entende e, mais do que isso, entende a fundo suas motivações?Mesmo que você venda sapatos, muitas vezes entender o que seu público consome, que tipo de viagem ele gosta e quais aplicativos eles usam pode te ajudar a entender o que ele gosta, onde ele está e o que o inspira. Ampliando alcance das suas campanhas, por exemplo.

As redes sociais vieram para ficar. E o processo de influência no comportamento do consumidor deverá se acentuar ainda mais nos próximos anos. Sendo assim, um mundo de oportunidades o aguarda na internet!!!

Saiba mais: https://rockcontent.com/br/blog/comportamento-do-consumidor-digital/ https://canaltech.com.br/redes-sociais/redes-sociais-os-novos-comportamentos-de-compra-e-consumo-70329/   

%d blogueiros gostam disto: