O Oceano Azul é o novo eldorado no mundo dos negócios?

O valor da inovação em qualquer mercado é quase impossível de ser mensurado financeiramente. Dependendo de sua criatividade, seu trabalho pode representar até uma revolução e exemplos como os da Uber, Google, Apple e Youtube revelam o quanto é importante enxergar os negócios como um Oceano Azul, cujo conceito é cada vez mais difundido entre as empresas.

Ser enxergado como um Oceano Azul é um eldorado nos negócios. Ter um produto que ninguém possui e conquistar o mercado gerando lucros absurdos transforma não apenas a sua empresa, mas o mundo. O grande diferencial, no entanto, está na tecnologia que está em busca de inovação constante para enfrentar um mercado cada vez mais concorrido.

Ser um Oceano Azul é, em sua essência, ser criativo ao extremo. É transformar ideias antes consideradas absurdas em algo palpável, real e escalável à medida que entra no mercado e produz uma mudança a tal ponto que estimula o surgimento de outras empresas similares, igualmente tecnológicas, claro. As ferramentas digitais garantem descobertas que o colocam à frente da concorrência.

No presente artigo vamos abordar um pouco mais sobre o conceito de Oceano Azul e as transformações que provoca no mercado. Há, por outro lado, o lado antagônico do negócio já saturado entre os consumidores atuais: o Oceano Vermelho. A escolha de ser bem sucedido ou não ficará a cargo dos gestores, por isso que é tão importante ir a fundo no tema da escrita de hoje.

Livro que criou conceito expõe razões para ser “azul”

Surge uma questão importante: é preciso ser tecnológico para se transformar em um ente criativo ou vice versa? Na realidade, este ponto se parece muito com aquele comercial famoso do biscoito Tostines, pois no final das contas as duas coisas estão tão ligadas que não fará a menor diferença você definir o que é mais relevante. Nadar por um Oceano Azul é mais do que uma estratégia: é vencer com todas as glórias! 

Baseado em um livro homônimo Oceano Azul, essa estratégia argumenta que “a competição acirrada resulta em nada além de um oceano vermelho sangrento de rivais lutando por um pool de lucros cada vez menor”. Em vez disso, as empresas devem procurar novos espaços de mercado e maneiras de reinventar o setor. Em suma, evite a competição direta e concentre-se na inovação.

É isso, em sua essência. Se você prestar bem a atenção na realidade que é o oceano vermelho, vai compreender que sua sobrevivência depende fundamentalmente de criar novidades que serão aceitos pelo público. O binômio eficiência/preço está em alta no mundo hoje. Ou seja, simplificando, basta unir ambos para ajudar a sua empresa escapar do oceano vermelho. 

Sendo assim, é importante olhar o lado bom em inovar sua capacidade de ser o diferencial no mercado. O objetivo de uma estratégia do Oceano Azul é que as organizações encontrem e desenvolvam “oceanos azuis” (mercados incontestados e em crescimento) e evitam “oceanos vermelhos” (mercados superdesenvolvidos e saturados). Uma empresa terá mais sucesso, menos riscos e maiores lucros em um mercado de oceano azul.

Quais são os eixos que definem a estratégia de sair do vermelho para o azul?

Antes de tudo, além de ser um conceito a abrangência é colocar em prática a inovação do mercado. Esse modelo de planejamento estratégico é um desvio do exercício típico de gerenciamento que se concentra na análise de números e no benchmarking competitivo. Podemos dar exemplos importantes de como tudo isso pode funcionar na realidade.

Aqui estão os pontos-chave da Estratégia do Oceano Azul:

É mais do que teórico. – Quando uma ideia é exposta à mesa para tomada de decisão, os recursos tecnológicos podem comprovar que um projeto pode dar certo. 

A concorrência é irrelevante.- Por ser uma ação inovadora, não existe uma preocupação com a concorrência, até porque se seu produto é inovador, não existe competição no mercado.

Diferenciação e baixo custo podem coexistir – Não porque é uma inovação que terá que ser mais cara para o consumidor. A ideia principal do Oceano Azul é ganhar o mercado com baixo custo e plena eficiência. 

Você tem uma estrutura para testar ideias – Suas ideias podem ser testadas em um ambiente de baixo risco. Essa é uma vantagem para quem quer colocar um produto novo no mercado.

As empresas que apostaram na inovação e hoje são gigantes mundiais

Como foi compreendido até aqui, a estratégia do oceano azul baseia-se na criação de uma demanda que não existe atualmente, em vez de brigar por ela com outras empresas. Você deve ter em mente que existe um potencial mais profundo do mercado que ainda não foi explorado. 

A maioria dos oceanos azuis é criada a partir de oceanos vermelhos, expandindo os limites da indústria existente. A chave para uma estratégia de oceano azul bem-sucedida é encontrar a oportunidade de mercado certa e tornar a concorrência irrelevante.

Dessa forma, empresas que começaram, pequenas e se transformaram em gigantes internacionais se baseiam nas estratégias do Oceano Azul.

Exemplos são vários e direcionar algo inovador a uma indústria já existente não significa que você desenvolva um produto completamente novo. A| Netflix está focada em fornecer um ótimo atendimento ao cliente em vez de abrir lojas de DVD. A Uber não deu dinheiro na compra de carros para competir com os donos de táxis. Eles criam um aplicativo que conecta se motorista e clientes em um só lugar

Por fim, o Airbnb não criou casas em locais diferentes, ao invés disso, eles são um serviço fácil de usar que une casas já existentes para alugar em um único lugar. Ou seja, como você pode ver exemplos de novos produtos do oceano azul, essas empresas não inventaram produtos, apenas podem ser atualizados um novo de seus serviços e modelos atualizados de seus serviços. 

Por isso, o Oceano Azul é o novo eldorado para as empresas que querem reduzir custos, ganhar mercado e apelar para a tecnologia como ajuda direta no seu processo de crescimento. Sua estratégia funciona de verdade e nos tempos atuais é isso que importa.

Saiba mais: https://www.blueoceanstrategy.com/blog/7-powerful-blue-ocean-strategy-examples/?utm_source=ActiveCampaign&utm_medium=email&utm_content=7+%F0%9F%92%A5+powerful+%F0%9F%92%A5+blue+ocean+examples+that+left+the+competition+behind&utm_campaign=7+powerful+BOS+examples&vgo_ee=4wQmk539v%2B%2B8S44bUsr0aRn0iVVJFbAzJ1YyitQTxj4%3D https://www.agendor.com.br/blog/estrategia-do-oceano-azul/  

%d blogueiros gostam disto: