Data storytelling: criatividade que torna seus relatórios mais atrativos

O Data Storytelling usa criatividade para “falar” de dados de sua empresa

Já imaginou a apresentação de um planejamento para atuar dentro e fora da empresa, por exemplo, através da contação de histórias e desenhos? Isto é uma realidade em pleno século 21. Diga adeus àquelas reuniões intermináveis em que você, gestor, precisa guardar números e detalhes mesmo após horas de debates acalorados e discussões sobre temas relevantes a sua empresa… Apresento a vocês o Data Storytelling!!

Num mundo cada vez mais digitalizado, as empresas trabalham com dados para a tomada de decisão. Para isso, analisam relatórios que abordam todas as suas dúvidas, mas alguns deles, cá entre nós, são muitas vezes monótono e dependendo de quem o produz, podem não ter a clareza que tanto deseja?

Por isso, um novo conceito surge para criar boas narrativas que ao mesmo tempo produz informações confiáveis utilizando de recursos áudio visuais, já que o storytelling também é a capacidade de traduzir dados para leigos, influenciando-os a tomar decisões através de boas histórias. 

Pode parecer brincadeira, mas não é. Essa técnica está avançando com rapidez entre as empresas de diferentes portes. Pesquisas apontam que reuniões com o uso do Data Storytelling são mais fixadas na mente de quem participa do que encontros tradicionais na discussão de dados criados e o que podemos fazer com eles. 

Quer dizer que boa parte das pessoas lembram de uma boa história do que um relatório de estatística, por exemplo. Claro, o uso da criatividade transforma tudo e tem seu lado positivo 

O que é possível afirmar a importância do storytelling tem para aquelas empresas que já podem se dizer “data driven”, que possuem ferramentas adequadas e uma equipe capacitada para executar esse conceito revolucionário.

É bom esclarecer que a técnica surgiu da necessidade de combinar a análise de dados com uma narrativa mais criativa, produzindo relatórios mais criativos que ajudam numa melhor absorção das informações e, ao mesmo tempo, exibe tudo aquilo relacionado a empresa e negócios de forma muito clara e objetiva. 

Um outro case de muito sucesso é a campanha de marketing da Coca Cola, uma das mais assistidas no planeta. Como estamos próximos ao Natal, já deve sair do forno a propaganda da maior empresa de bebidas do mundo. Pode-se perceber no anúncio que existe uma narrativa de natal associada a imagens do “bom velhinho”.

O “bom, velhinho” ajuda a impulsionar vendas, não é mesmo?

O que diferencia a técnica dos demais relatórios que são comumente produzidos? 

Nos negócios em especial, a ferramenta se destaca pela capacidade de estreitar a relação entre uma marca e o seu consumidor final, com o uso de recursos da arte áudio visuais que atraem o cliente, cria uma memória afetiva importante na fidelização do comprador de seus produtos.  Viu o exemplo da Coca Cola, que criou uma narrativa e a levou para o público em um dos períodos mais importantes para a vida de muita gente: o Natal.

Vamos, então, sair da esfera natalina e pular para o mundo dos negócios. 

Agora, se comparado aos relatórios e dados estatísticos, contar boas histórias são mais divertidas e palatáveis do que aquele monte de informação em seu notebook.

Ao gerar mensagens mentais aos visitantes do seu meio de comunicação, sua empresa certamente se torna mais assertiva na busca de resultados. Com melhores resultados, melhores tomadas de decisão!!! 

Até porque, essa técnica contribui para o insights interno e externos, ajudando também a explorar as diversas informações que chegam ao Big Data. Isso acaba se tornando um diferencial para desejar criar estratégias que engajam, afinal, os dados mostram evidências, comportamentos e fragmentos da realidade.

Resumo da ópera: o Storytelling de dados é a junção de outros dois conceitos anteriores a ele: a análise de dados e a comunicação humana. É a arte de criar uma narrativa baseada e ancorada por dados. Diferente de apresentações em powerpoint, a técnica tem recursos pedagógicos e de entretenimento que transformam as estatísticas e informações numa atividade bastante criativa.

O Data Storytelling pode ter um alcance considerável à medida que:

1) Os dados apresentados são bem mais legais de se ver a partir de uma narrativa, que pode ser construída usando imagens e sons;

2) Existe uma clareza enorme no tratamento de dados, que podem ajudar tanto quanto qualquer recurso hoje utilizado pelas empresas nesse quesito;

3) Com o uso de histórias e gráficos, o público saboreia as informações de acordo com sua própria percepção. 

4) Vale a dica: para que sua apresentação seja incrível o treinamento prévio é muito indicado. Ensaiar é sempre fundamental. 

O fundamental é transformar informações em soluções, dentro de uma perspectiva inovadora, criativa e simples para a compreensão e produção de novas ideias a partir da apresentação. Contar boas histórias com dados é, portanto, a pedida para os tempos de hoje.

Saiba mais: https://rockcontent.com/br/talent-blog/storytelling/ https://neilpatel.com/br/blog/como-usar-storytelling-para-aumentar-suas-conversoes/ 

%d blogueiros gostam disto: