Como fazer com que a cultura de dados seja orientada a resultados

Os dados sempre fizeram parte, de alguma forma, da tomada de decisões de qualquer negócio – isso não é nenhuma novidade. Mas você já deve ter notado que estamos passando por uma grande transformação dentro das empresas.

Chegamos à era da revolução dos dados e nunca geramos tantos dados quanto agora! Somado a isso, os avanços na tecnologia proporcionaram que a gente consiga analisar grandes volumes de informações e em um curto espaço de tempo.

Essa é a grande diferença do passado para o momento que vivemos hoje.

E essa mudança vem refletindo, principalmente, nas práticas de vendas e marketing.

O Big Data revolucionou serviços e produtos: mudamos a forma como coletamos, analisamos e usamos essa infinidade de informações que produzimos a cada segundo no mundo digital e até no físico. O que obrigou as organizações a implementarem uma forte cultura de dados em todos os seus setores.

Um levantamento da Forbes apontou, por exemplo, que 50% das companhias afirmam que o Big Data Analytics transformou profundamente as práticas de vendas e do marketing.

Mas nem sempre todo esse movimento é eficiente. Não é raro encontrar empresas que, mesmo com todas as tecnologias possíveis, ainda esbarram na dificuldade de usarem essa cultura de dados para o foco no resultado.

De acordo com a Gartner, por exemplo, 60% dos projetos de Big Data das organizações acabam falhando.

É preciso ter em mente que uma arquitetura moderna de dados é centrada em gerar os melhores resultados para a empresa e não em TI.

É por isso que hoje decidimos falar sobre a importância da cultura de dados dentro das empresas, mas desde que o foco esteja nos resultados. Se você se interessou pelo assunto e quer saber um pouco mais então continue a leitura aqui.

O que é ter uma cultura de dados

Provavelmente você já ouviu esse termo antes: cultura de dados. Mas o que é, de fato, ter uma cultura de dados dentro da sua empresa?

Ter uma cultura de dados é fazer com que todos os colaboradores de uma organização, em todos os níveis e funções, tenham acesso às informações necessárias e utilizem esses dados para enfrentar os desafios dos negócios. É ter o comportamento coletivo voltado para a valorização, a prática e o uso de dados, com autonomia para tomar as melhores decisões com base neles.

Na prática, os dados são integrados em todos os processos da empresa, disponibilizados na forma correta, e usados, principalmente, na tomada de decisões. Em uma cultura de dados, todo o mindset da empresa é voltado para eles.

Uma das maneiras de implementar a cultura de dados em sua empresa é incentivar o compartilhamento de dados entre os setores, uni-los com um único objetivo: que é o crescimento da empresa. Sem esquecer, claro, que é preciso ter a tecnologia certa, além de pessoas capacitadas para esse trabalho.

Com uma cultura voltada para dados, as empresas dão adeus às decisões tomadas apenas por intuição e, assim, conquistam resultados mais assertivos.

Você pode ler mais sobre como promover a mudança cultural em sua empresa e torná-la Data Driven clicando aqui.

Foco em resultados

Depois de investir em uma mudança de mindset na sua empresa é hora de usar a cultura de dados para obter resultados, extraindo todo o valor dos seus dados e focando em atender às novas demandas que surgem na indústria, com respostas rápidas e assertivas.

É possível que uma organização cresça entre 8% e 10% quando aplicado o Big Data Analytics da forma certa, conseguindo resolver qualquer problema do seu negócio.

O Big Data Analytics tem a função de transformar um grande volume de dados e analisá-los com o objetivo de gerar informações relevantes para o negócio.

Entre as vantagens estão:

•    Inovação

•    Tomada de decisões assertiva

•    Melhora na experiência do cliente

•    Redução de custos

•    Gestão de riscos

Mas como não se perder em meio à tanta informação, já que em um mundo hiperconectado como o que vivemos agora o que não faltam são dados?

O primeiro passo é ter em mente que o foco é o resultado. Assim fica mais fácil traçar os objetivos de acordo com o propósito da empresa.

Também é preciso entender que de nada adianta ter os dados se não é possível compreendê-los. É aí que entram as ferramentas de Business Intelligence. Saber escolher as tecnologias ideais para o seu negócio também é determinante para obter resultados.

De maneira estratégica, as soluções de Big Data Analytics e Machine Learning precisam ajudar a sua empresa a aumentar as vendas, reduzir custos, automatizar processos repetitivos, gerar mais competitividade e rentabilidade. É uma soma do Data Driven com Performance Driven.

Outro passo importante é descentralizar as informações. Ou seja, fazer com que todos da empresa, nos mais variados níveis e funções, façam parte dessa construção de análises, de acordo com suas próprias demandas, e possam ter autonomia para tomar decisões usando os dados. Mas não esquecendo, claro, que todos os dados precisam estar integrados. A ideia é que a arquitetura moderna de dados seja colaborativa, com o compartilhamento das informações coletadas.

Além disso, tanto dados internos, quanto os externos são importantes, como as informações de mercado, dados dos seus concorrentes e consumidores. 

Agora que você já viu sobre a importância de uma cultura de dados voltada para o resultado, busque sempre empresas referência no mercado, como a Info4, para ajudar na transformação do seu negócio. O mercado se moderniza a cada dia e é preciso acompanhar as mudanças.

Sobre a Info4

Atuamos com inteligência de dados, com as melhores tecnologias do mercado, para encontrar as soluções que a sua empresa precisa.

Invista na cultura moderna de dados usando tecnologias de ponta para atingir alta performance!

Entre em contato clicando aqui.

%d blogueiros gostam disto: