Informações do PIX para abastecer seu Dashboard Estratégico

MAIS DADOS PARA ANALISAR COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR QUANTO AOS PAGAMENTOS

Por Roberto Marcio

Quando a chegada do PIX, rede de pagamentos instantâneos do Banco Central, foi anunciada, muitas pessoas ficaram em dúvida sobre a sua segurança, receio das fraudes e como vão ocorrer as transações. Contudo, o fato é que essa modalidade vai trazer dados importantes sobre como o cliente utilizará o mecanismo de transação financeira e isso alimentará o Dashboard Estratégico de sua empresa a medida que a evolução na forma de pagamento for acontecendo. Aliás, tudo que envolve o PIX resultará em informações relevantes, sobretudo a respeito do comportamento dos adeptos a nova forma ágil de quitar suas contas e investimentos.

Hoje, para ter uma clareza do que acontece com a sua empresa, é fundamental ter um exibidor da situação que esteja acontecendo neste momento. Ao abastecer de dados, o Dashboard – com o uso de um Vídeo Wall – pode melhorar profundamente a performance do seu negócio, pois permite que todos os colaboradores mantenham o foco no que é importante e tenham um melhor entendimento do desempenho de cada setor e da empresa.



Por isso, assim que o PIX começar a valer para o público em geral, milhares de dados serão fornecidos para a corporação que trabalhe com a inteligência de mercado para produzir informações que serão assertivas para a tomada de decisão. Só que o tipo de painel que vamos abordar hoje é o Dashboard Estratégico, o mais comum usado por gestores e CEO´s que irão analisar cuidadosamente todos os detalhes. Vamos explicar um pouco como ele funciona para compreender como é um aliado poderoso para destrinchar os benefícios do PIX como elemento que ajudará a formular estratégias de negócios.

Pois bem, o Dashboard Estratégico permite gerenciar, em alto nível, informações sobre o desempenho geral do negócio e ajuda a prospectar oportunidades de incremento do trabalho dos gestores. Essa ferramenta é focada nos principais KPIs. Se aplicado para monitorar os dados trazidos pelo PIX, por exemplo, pode tornar mais fácil entender a movimentação financeira a partir dos pagamentos e ao que se destinaram. Assim acaba se voltando para o monitoramento dos resultados em busca dos objetivos, a fim de impulsionar o crescimento baseado em indicadores e métricas.

Os painéis estratégicos podem ser analisados instantaneamente, diariamente ou em tempos estabelecidos, mostrando o status dos KPIs da empresa. Por outro lado, ele pode ser dependente da interpretação de dados de outros painéis, especialmente o analítico e ser adotado por qualquer departamento da empresa. Apresenta métrica e indicadores globais de cada área, que são chamados Big-Ass Numbers (BAN), preferencialmente em termos comparativos.

Sendo assim, a demanda por informações que direcionam as estratégias e comprovam os resultados cresce em conjunto, e o PIX, ao que tudo indica, vai produzir material de inteligência. O BI ou inteligência do negócio analisa dados a respeito do desempenho da empresa e os transforma em acionáveis para melhorar a performance de vendas, entre várias outras coisas. Com o avanço da tecnologia, você passa a ter um mundo de informações que antes não estavam disponíveis, então é necessário encontrar oportunidades ocultas e gerar insights que ajudem as empresas a desenhar suas estratégias. Imagine compilar tudo isso no Dashboard Estratégico? Os resultados estarão a toda prova, disponíveis para a tomada de decisão.

O PIX vai revolucionar os meios de pagamentos. Será um processo que movimenta a economia, vai criar facilidades para os clientes e transformar a economia real. Tudo isso pode ser transformado em dados confiáveis para orientar as empresas que, de alguma forma serão beneficiadas com isso, ou então os bancos virtuais que começam a aparecer com força no mercado para competir com os tradicionais. 

Sendo assim, é possível ainda utilizar essa inteligência para tomadas de decisões dentro das empresas. A informação sempre disponível permite que algumas etapas sejam puladas e a conclusão de como os testes devem ser conduzidos e quais os resultados esperados. Integrando estes dados com o dia a dia dos funcionários, é possível uma renovação constante na performance da empresa, onde o próximo passo é se tornar eficiente nessas análises. 

Saiba mais: https://neilpatel.com/br/blog/dashboard-o-que-e/, https://www.clicdata.com/pt/exemplos/financeiros/, https://blog.wittel.com/dashboards/ 

Dúvidas sobre a segurança oferecida pelo PIX

Deixando de lado a importância dos dados obtidos com as transações online e o que pode produzir de dados para as empresas, o PIX começa a valer em novembro e ainda existem dúvidas quanto à muitos aspectos da novidade. Listamos abaixo algumas respostas e dicas do CEO da Matera, Carlos Netto, empresa de desenvolvimento de tecnologia para o mercado financeiro, fintechs e gestão de riscos, que é especialista no assunto.

Como será o pagamento via PIX?

Muitos não sabem, mas para efetuar um pagamento pelo PIX será necessário entrar no seu aplicativo do banco e digitar a sua senha, ou seja, para que um criminoso faça esse processo ele precisará saber a sua senha bancária. É bem diferente do cartão, onde basta apenas ter o número do cartão. Se alguém entrar na sua conta para te fraudar, então provavelmente ele não usará o PIX, já que terá acesso a tudo. Vale ressaltar ainda que para pagar não será necessário o chaveamento (e-mail, telefone ou CPF), apenas para receber.

Dá para estornar pagamentos?

Quando um DOC ou TED é efetuado, não existe estorno de pagamento. O que existe é, se alguma informação estiver errada, o dinheiro volta para a sua conta. Com o PIX será a mesma coisa.

E como ficarão as fraudes?

No boleto, quando se faz a leitura do código de barras, sempre é mostrado o destinatário. O PIX será da mesma forma, havendo um jeito de checar se aquele número de CPF ou telefone que você está enviando o dinheiro são realmente do destinatário desejado. O mesmo vai valer para as leituras de QR Code, e estas valem ter ainda mais atenção! Quando o lojista disponibilizar o QR Code em sua loja, é possível que uma pessoa má intencionada troque o código para aplicar golpes. Por isso, na hora de pagar é preciso estar atento ao destinatário que aparecerá na tela e checar se será mesmo o estabelecimento que você está pagando.

Alguém pode usar minha chave PIX para pegar meu dinheiro?

Não. A chave serve apenas para identificar o recebedor, não para tirar dinheiro da conta de quem estiver pagando. O pagador sempre terá que usar os métodos de autenticação da operação que já usa hoje em seu banco como senha e biometria.

É obrigatório cadastrar uma chave PIX na instituição financeira?

Não é obrigatório, mas é importante fazer. Hoje em dia é comum todos saberem e-mail, CPF e telefone uns dos outros. Por isso é uma boa prática para que outra pessoa não faça o cadastramento das suas informações e receba o dinheiro no seu lugar.